Conheça a Miguel Semijoias

Como tudo começou...

Em 1978, o empresário Miguel da Cunha Neto, com 21 anos já sonhava em ter sua própria empresa. Desde então, dois fatores foram influentes para o primeiro passo:

“Meu cunhado Didier foi meu primeiro e grande incentivador, viajava muito para Brasília e passava pela cidade de Cristalina/GO, onde vendia diversas pedras e joias. Ele me contava sobre suas viagens e me incentivava a conhecer a cidade, resolvi visitar e fiquei encantado”.

O amigo e parceiro do time de basquete de Osvaldo Cruz/SP, Jonas, apresentou seu pai Salvador, residente, na época na cidade de Penápolis/SP, que trabalhava com joias.

“Foi ele quem me orientou e ajudou a efetuar minha primeira compra”.

 

Assim, Miguel da Cunha Neto deu início a Miguel Joias em Osvaldo Cruz/SP, através de revendedoras. Atualmente, como Miguel Semijoias, a empresa possui loja física e escritórios em Ribeirão Preto/SP, para atender as revendedoras.

106588306_1212086812524692_3723989820023

Missão

  • Entregar a melhor qualidade disponível do mercado - em metais, banho, pedras - e peças resistentes, com excelência no atendimento e assistência ao cliente.

  • Ser a melhor empresa para se trabalhar e continuamente buscar a evolução da comunidade, atuando em ações sociais que beneficiem a vida das pessoas.

  • Fazer com que a Miguel Semijoias de hoje seja melhor que a de ontem.

Visão

  • Ser a melhor empresa e referência no segmento;

  • Formar e capacitar os profissionais e consultoras para serem os melhores em suas áreas de atuação;

  • Garantir o futuro da empresa através da satisfação e felicidade de nossos clientes, inovando, criando e indo sempre além.

Valores

  • A Miguel Semijoias preza pelo comprometimento, integridade, caráter, confiança, ética, transparência e excelência de todos os profissionais, consultores, fornecedores e parceiros da marca.

Gansos---Miguel-Semijoias.png

A Miguel Semijoias escolheu o ganso como seu elemento gráfico representativo, uma ave que tem características únicas. Quando um ganso bate as asas, cria um vácuo para o pássaro seguinte, voando na formação em “V” o bando inteiro melhora em 71% o seu desempenho, comparado se cada um voasse sozinho.


Os gansos de trás grasnam para encorajar os da frente, e assim, aumentam a velocidade do voo. Quando o ganso líder se cansa, muda para trás na formação e, imediatamente, um outro ganso assume seu lugar, voando para a posição de ponta. Quando um ganso fica doente ou é ferido, dois gansos saem da formação e seguem-no para ajudá-lo e protegê-lo, ficam com ele até que esteja apto a voar de novo ou até o fim da sua vida.


A Miguel Semijoias acredita que a força, o poder e a segurança aumentam quando se segue na mesma direção daqueles com quem se divide um objetivo em comum. As pessoas, assim como os gansos, são dependentes umas das outras.